Verge SP conecta tecnologia, inovação e sustentabilidade

17.10.12 | Redação Report

Mesa redonda que reuniu executivos, representantes de ONGs, do governo, professores e especialistas colocou em pauta a convergência tecnológica, a inovação e a sustentabilidade em um evento realizado pela primeira vez na América Latina. A Verge Conference, organizada pelo Grupo GreenBiz em parceria com a Report Sustentabilidade, aconteceu em São Paulo, no dia 16 de outubro, com o propósito de discutir tendências, práticas e soluções para alguns dos muitos desafios da atualidade. Uma grande troca de experiências que abordou temas como energia, informação, transporte e construção, além de visão de futuro para a próxima década e dos pontos de convergência de diferentes tecnologias. 

José Carlos Duarte, CTO da IBM Brasil, falou sobre a importância da tecnologia para prever problemas e antecipar soluções. Adriana Machado, presidente da GE Brasil, abordou o uso do lixo como insumo para gerar energia, citando o projeto da empresa que utiliza metano para fornecer eletricidade a 60 mil pessoas em Belo Horizonte (MG). Linda Murasawa, Superintendente do Santander, ressaltou a importância da tecnologia para o sistema bancário, mas enfatizou que é preciso muito mais do que máquinas e equipamentos – é preciso inteligência e engajamento.

Esses e outros participantes – ao todo, mais de 30 pessoas estiveram presentes ao encontro – apontaram alguns dos grandes desafios de hoje e das próximas gerações. Carlos Rittl, do WWF, falou sobre a falta de planejamento de longo prazo e de investimentos em inovação tecnológica no país. E comentou que o Brasil ficou em 25º lugar no ranking de investimento em pesquisa e desenvolvimento, em uma lista de 38 países elaborada pelo WWF.

O professor Vanderley John, da Universidade de São Paulo, enfatizou que o setor de construção civil consome cerca de 50% dos recursos naturais do planeta, mas que, com as atuais técnicas de produção, seria possível produzir o dobro de cimento sem ligar um único forno. Especialista na área, ele reforçou a ideia de que a análise do ciclo de vida ainda é o melhor caminho para se mensurar o impacto socioambiental de produtos e serviços. 

Outros temas e abordagens também entraram nas discussões, que tiveram transmissão ao vivo pela internet, no endereço http://vergecon.greenbiz.com. A Verge Conference já foi realizada em San Francisco (EUA), Londres e Shangai, e um novo encontro está marcado para os dias 12 e 13 de novembro, também em San Francisco – e com webcasting. Veja mais sobre o Verge São Paulo clicando aqui (em inglês).

posts mais recentes